Existem mais crianças que sabem usar o computador do que amarrar os sapatos

Um estudo realizado pela AVG conclui que mais da metade (69%) das crianças (entre 2 a 5 anos) sabem utilizar o computador ou um smartphone mas não sabem realizar tarefas simples, como amarrar os sapatos.

E os números não enganam:

  • 58% das crianças do estudo sabem jogar no computador
  • 20% sabe nadar
  • 52% sabe andar de bicicleta
  • 69% consegue usar o mouse
  • 11% sabe amarrar os sapatos

O estudo foi realizado no final do ano passado, com 2200 mães residentes na Alemanha, Canadá, França, Reino Unido, EUA, Itália, Espanha, Japão, Austrália e Nova Zelândia. Todos os entrevistados tinham conexão com a internet.

Segundo especialistas tais conhecimentos na área de tecnologia poderão ajudar essas crianças no futuro, porém seus responsáveis devem controlar o acesso dos mesmos com senhas e impondo limites. O acompanhamento dos país pode privilegiar também a interação dessas crianças nas redes sociais.

O que achou de resultado da pesquisa? Se assustou com o resultado?

Poste aqui suas noticias

Write a comment

Comments: 2
  • #1

    Travessia (Monday, 24 February 2014 07:29)

    Filiação de mulheres a partidos políticos supera a de homens no último ano.

    As mulheres estão vencendo batalhas na busca pela igualdade na representação política. Em 12 meses, contados desde outubro de 2012, a filiação feminina a partidos políticos representa 64% das 136 mil pessoas que ingressaram nas mais de 30 legendas no período. Mesmo com esse avanço, apenas nas eleições de 2012 foi alcançada a meta de 30% de candidaturas femininas prevista na Lei Eleitoral.

  • #2

    Travessia (Tuesday, 25 February 2014 09:53)

    Morreu há exatamente 49 anos.
    http://blogdabethmuniz.blogspot.com.br/2014/02/o-sonho-de-malcolm.html#.Uwy8XeNdVA0
    Al Hajj Malik Al-Shabazz, mais conhecido como Malcolm X, foi um dos maiores defensores dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos.

    Escritor e orador apaixonado, Malcolm escreveu a mensagem Grass Roots, a mais importante da sua curta vida, e a proferiu em 10 de novembro de 1963, durante a Northern Negro Grass Roots Leadership Conference, na Igreja Batista Rei Salomão de Detroit, Michigan. Em sua fala, Malcolm descreve a diferença entre a "revolução Black" e a "revolução do Negro", acentuando o contraste entre o "negro da casa" e o "negro do campo" durante a escravidão africana e nos tempos contemporâneos, criticando a Marcha sobre Washington, naquele ano.

Ajude o site ficar no ar